Existem vários tipos de apresentação dos resultados de uma pesquisa, dentre elas estão:

  • o estudo bibliográfico,
  • o estudo de caso,
  • a revisão de literatura,
  • a revisão integrativa e a
  • revisão sistemática.

Dentro do Monografis temos modelos para todos esses tipos de resultados, segue abaixo as instruções para cadastrar esses modelos.

 

Estudo Bibliográfico

No estudo bibliográfico, além do referencial teórico (capítulos) deve conter também a discussão do assunto, sendo assim ao fazer sua pesquisa bibliográfica, acrescente o capítulo para discussão.

Para adicionar na estrutura do seu trabalho o modelo de discussão siga esses passos:

  1. Criar um capítulo personalizado. Para criar um capítulo personalizado você precisa: Clicar no botão verde com um símbolo de “+” no canto superior da tela, que fica ao lado do nome: Meus trabalhos>> Capítulos do trabalho;
  2. Na categoria Tipo do Modelo, você vai selecionar a opção “‘PESQUISA”;
  3. Na categoria Modelo, você vai escolher a opção “DISCUSSÃO”;
  4. Na opção “título” você pode escrever “DISCUSSÃO” ou o que preferir;
  5. Depois é só clicar em “salvar”.

Depois de ter criado o modelo adequado, basta selecionar ele e usar a ferramenta “assistente de blocos” para escrever a Discussão.

 

Estudo de caso

Da mesma forma da pesquisa bibliográfica, o estudo de caso também é divido em referencial teórico e a parte da pesquisa/resultados. A diferença é que no estudo de caso você não vai fazer uma discussão, e sim uma análise dos resultados.

Para deixar seu estudo de caso mais específico, dentro do Monografis o separamos em duas etapas, a etapa chamada “estudo de caso” onde você vai apresentar as informações de onde colheu os dados sobre seu estudo e a etapa da “análise dos resultados” onde você irá analisar os dados coletados.

Segue abaixo as instruções para cadastrar esses modelos dentro do Monografis:

Primeiramente você vai criar o modelo “estudo de caso”, para isso você precisa:

  1. Criar um capítulo personalizado. Para criar um capítulo personalizado você precisa: Clicar no botão verde com um símbolo de “+” no canto superior da tela, que fica ao lado do nome : Meus trabalhos>> Capítulos do trabalho;
  2. Na categoria Tipo do Modelo, você vai selecionar a opção “‘PESQUISA”;
  3. Na categoria Modelo, você vai escolher a opção “ESTUDO DE CASO”;
  4. Na opção “título” você pode escrever “ESTUDO DE CASO” ou o que preferir;
  5. Depois é só clicar em “salvar”.

 

Depois você precisará criar o modelo da “análise dos resultados”:

  1. Criar um capítulo personalizado. Para criar um capítulo personalizado você precisa: Clicar no botão verde com um símbolo de “+” no canto superior da tela, que fica ao lado do nome : Meus trabalhos>> Capítulos do trabalho;
  2. Na categoria Tipo do Modelo, você vai selecionar a opção “‘PESQUISA”;
  3. Na categoria Modelo, você vai escolher a opção “ANÁLISE DOS RESULTADOS DA PESQUISA”;
  4. Na opção “título” você pode escrever “ANÁLISE DOS RESULTADOS” ou o que preferir;
  5. Depois é só clicar em “salvar”.

 

Depois de ter criado os modelos adequados, basta selecionar eles (um de cada vez) e usar a ferramenta “assistente de blocos” para escrever seu estudo de caso.

 

Revisão de literatura

Na revisão de literatura algumas faculdades não solicitam a parte do referencial teórico, mas no geral é solicitado tanto o referencial quanto a parte da revisão de literatura que pode ser entendido como “mesma coisa”. Quando solicitado o referencial teórico, o mais aconselhável é que o aluno utilize mais os modelos teóricos do que os outros modelos de capítulos. Para a parte da revisão de literatura em si, temos modelos específicos dentro do Monografis.

Da mesma forma do estudo de caso, também especificamos a revisão de literatura em duas partes, a primeira é a “introdução à revisão” onde você introduz sua pesquisa, mostrando os principais autores e fontes pesquisadas, e a segunda parte é a “revisão de literatura” onde você apresenta o que os estudos mostram sobre o seu tema.

Segue abaixo as instruções para cadastrar esses modelos dentro do Monografis:

Primeiramente você irá criar o modelo para escrever a “introdução à revisão”, para criar o modelo, você precisa:

  1. Criar um capítulo personalizado. Para criar um capítulo personalizado você precisa: Clicar no botão verde com um símbolo de “+” no canto superior da tela, que fica ao lado do nome : Meus trabalhos>> Capítulos do trabalho;
  2. Na categoria Tipo do Modelo, você vai selecionar a opção “‘PESQUISA”;
  3. Na categoria Modelo, você vai escolher a opção “INTRODUÇÃO – REVISÃO NARRATIVA”;
  4. Na opção “título” você pode escrever “REVISÃO DE LITERATURA” ou o que preferir;
  5. Depois é só clicar em “salvar”.

 

Em seguida você precisará criar o modelo “revisão de literatura”:

  1. Criar um capítulo personalizado. Para criar um capítulo personalizado você precisa: Clicar no botão verde com um símbolo de “+” no canto superior da tela, que fica ao lado do nome : Meus trabalhos>> Capítulos do trabalho;
  2. Na categoria Tipo do Modelo, você vai selecionar a opção “‘PESQUISA”;
  3. Na categoria Modelo, você vai escolher a opção “REVISÃO DE LITERATURA – NARRATIVA”;
  4. Na opção “título” você pode escrever “REVISÃO” ou o que preferir;
  5. Depois é só clicar em “salvar”.

 

Depois de ter criado os modelos adequados, basta selecionar eles (um de cada vez) e usar a ferramenta “assistente de blocos” para escrever sua revisão.

 

Revisão integrativa

A revisão integrativa segue basicamente a mesma estruturada da revisão de literatura, ela também é especificada em duas etapas, sendo elas: “introdução à revisão” e “revisão integrativa”.

Segue abaixo as instruções para cadastrar esses modelos dentro do Monografis:

Primeiramente você irá criar o modelo para escrever a “introdução à revisão”, para criar o modelo, você precisa:

  1. Criar um capítulo personalizado. Para criar um capítulo personalizado você precisa: Clicar no botão verde com um símbolo de “+” no canto superior da tela, que fica ao lado do nome : Meus trabalhos>> Capítulos do trabalho;
  2. Na categoria Tipo do Modelo, você vai selecionar a opção “‘PESQUISA”;
  3. Na categoria Modelo, você vai escolher a opção “INTRODUÇÃO – REVISÃO NARRATIVA”;
  4. Na opção “título” você pode escrever “REVISÃO DE LITERATURA” ou o que preferir;
  5. Depois é só clicar em “salvar”.

 

Em seguida para adicionar na estrutura do seu trabalho o modelo de revisão integrativa siga esses passos:

  1. Criar um capítulo personalizado. Para criar um capítulo personalizado você precisa: Clicar no botão verde com um símbolo de “+” no canto superior da tela, que fica ao lado do nome : Meus trabalhos>> Capítulos do trabalho;
  2. Na categoria Tipo do Modelo, você vai selecionar a opção “‘PESQUISA”;
  3. Na categoria Modelo, você vai escolher a opção “REVISÃO DE LITERATURA – INTEGRATIVA”;
  4. Na opção “título” você pode escrever “REVISÃO INTEGRATIVA” ou o que preferir;
  5. Depois é só clicar em “salvar”.

 

Depois de ter criado os modelos adequados, basta selecionar eles (um de cada vez) e usar a ferramenta “assistente de blocos” para escrever sua revisão integrativa.

 

Revisão sistemática

A estrutura da revisão sistemática funciona basicamente como o estudo bibliográfico, a diferença é que ao invés de usar o modelo de discussão, será necessário utilizar o modelo de revisão sistemática.

Para adicionar na estrutura do seu trabalho o modelo de revisão sistemática siga os passos abaixo:

 

  1. Criar um capítulo personalizado. Para criar um capítulo personalizado você precisa: Clicar no botão verde com um símbolo de “+” no canto superior da tela, que fica ao lado do nome : Meus trabalhos>> Capítulos do trabalho;
  2. Na categoria Tipo do Modelo, você vai selecionar a opção “‘PESQUISA”;
  3. Na categoria Modelo, você vai escolher a opção “REVISÃO DE LITERATURA – SISTEMÁTICA”;
  4. Na opção “título” você pode escrever “REVISÃO SISTEMÁTICA” ou o que preferir;
  5. Depois é só clicar em “salvar”.

 

Depois de ter criado o modelo adequado, basta selecionar ele e usar a ferramenta “assistente de blocos” para escrever a revisão sistemática.